Minha opinião sobre Spectros

Publicado por em 25 fev 20. Dicas, Resenhas, Textos

Não sou crítico, mas não podia deixar de falar sobre uma história que se passa aqui no Brasil.

Spectros é a nova série brasileira da Netflix.

Rodada no Brasil, a história se passa no bairro da Liberdade, o famoso “bairro japonês” localiza no centro de São Paulo.

A série é falada em português, feita por atores brasileiros, mas tem todo o jeitão de uma série teen americana. Isso pode ter relação com o fato da história ter sido co-escrita e dirigida por Douglas Petrie (AHS: Coven e Buffy: A Caça Vampiros).

A história de Spectros acompanha cinco adolescentes que se envolvem em uma trama sobrenatural, depois que um necromante (essa palavra é muito repetida na série) passa a trazer mortos de volta ao mundo dos vivos no bairro da Liberdade.

Apesar dos furos de roteiro e o estilo americanizado que, as vezes, faz a gente se desconectar da história, a série é muito boa e vale ser assistida.

Misturando bem contos fantasmagóricos japoneses, o visual do bairro da Liberdade e fortes criticas sociais, com momentos de alívio cômico bem divertidos e uma timeline bem interessante, Spectros entrega um produto familiar e ao mesmo tempo novo.

A fotografia, o CGI e a trilha sonora são bem bonitos e dão um toque especial a toda a trama.

No mais, a história acaba levando a gente a pensar em como nós tratamos aqueles que são diferentes de nós e dá uma certa curiosidade de pesquisar a história brasileira.

Compartilhe com seus amigos
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
Print this page
Print

Comente

*
*